Luiz Alex

Cores CMYK, cores RGB – Para meus amigos Roberto e Macarrão! (re-edição)

3 de novembro de 2010 | Publicado em: Pré-impressão Tintas

Ontem recebi um telefonema do meu amigo e cliente Roberto. Cliente de alguns anos, e confiante no meu trabalho, sempre que tem uma dúvida técnica ele me liga para debater o assunto. Dessa vez, meu amigo comprou uma belíssima imagem de um banco de imagens, na qual havia um tom de azul que impressionava pela pureza. O Roberto, designer e fotógrafo experiente, estava tendo sérias dificuldades quando convertia a tal imagem de RGB para CMYK. Aquele azul, que era justamente o motivo de uso da imagem escolhida, ficava apagado, sujo e principalmente, não atendia mais a necessidade de comunicação do trabalho.

[RGB_blue.gif]

Ele me ligou por isso, pra tentar descobrir se havia alguma forma de fazer a conversão sem prejudicar tanto aquela que era a principal característica da imagem.

[RGB_blue_CMYK.gif]

Conversei com o “Macarrão”, encarregado de pré-impressão da Garilli, que mexeu na imagem de todas as formas, e até ligou pra outros amigos que trabalham em outras empresas, para ver se alguém conhecia alguma ferramenta que ajudasse nessa conversão. Nada.

Resolvi escrever algo sobre o assunto.

O “Gamut” de cores (ou “conjunto” de cores), representa as cores que podem ser reproduzidas utilizando-se essa ou aquela ferramenta.

De forma simplificada, o “gamut” reproduzível em RGB é apenas uma pequena parcela do espectro visível.

Ou seja, muitas cores que vemos na natureza ainda não podem ser reproduzidas em monitores e aparelhos de TV por exemplo, pois estes usam o padrão RGB para representação das cores.

 

Ainda assim, a quantidade de cores que podem ser reproduzidas em um tubo de raios catódicos ou em um monitor LCD é muito maior do que se consegue imprimir com o uso de tintas.

 

Isso ocorre porque conseguimos uma “pureza” muito maior com luzes RGB, do que com tintas CMYK.

Pra se ter uma idéia das limitações técnicas em termos gráficos, pense em um triângulo cujos vértices sejam cada um uma cor RGB (verde em cima, vermelho no pé direito e azul violeta no pé esquerdo).

As cores que vamos conseguir reproduzir em CMYK estão contidas dentro de um outro triângulo, que está inserido nesse primeiro, e de ponta-cabeça.

Tentei fazer um desenho disso de forma aproximada e colei aqui (mas sou péssimo nisso, ok?).

[CIExy1931_srgb_gamut.png]

Se prestarmos atenção vamos perceber que uma quantidade imensa de cores fica de fora do “gamut” CMYK.

 

Por isso que meu amigo Roberto não consegue reproduzir o AZUL.

 

Encontramos para isso soluções no uso de cores especiais (por exemplo Pantone), que não dependem da mistura de tintas, mas que em muitos casos tornam o trabalho mais caro.

Bom final de semana a todos.

(postagem originalmente escrita dia 03 de abril de 2009, no Blogger http://escritoriografico.blogspot.com/)

4 Comentários para “Cores CMYK, cores RGB – Para meus amigos Roberto e Macarrão! (re-edição)”

  1. Paulo Rogerio Augusto disse:

    Parabéns Alexandre!
    Muito bom conteúdo. Fiquei lendo os outros posts até que parei neste aqui; todos eles mostram o elevado nível de seu conhecimento técnico, “imprimindo” credibilidade e confiança ao seu trabalho.
    Mais uma vêz, parabéns!

  2. Walter Giglio disse:

    Luigi,
    Gostei do seu site, bom canal de relacionamento e o local que vc poderá expor tudo que conhece em impressão e produção gráfica.
    Para quem leu até aqui:
    Conheço o Luiz há mais de 11 anos, é um dos melhores profissionais que conheci, nunca me deixou na mão nos trabalhos e atendimento e olha que eu sou chato…
    Parabéns cara, muito sucesso.

  3. Claudinei Taiacolo disse:

    Luiz Alex,

    Parabéns pelo site e mais ainda, pela audácia e o contínuo aprimoramento dos seus conhecimento nas Artes Gráficas. Poucas pessoas, inclusive auelas bastante experientes não conseguiriam “traduzir” esse assunto com tanta simplicidade e habilidade.
    Novamente parabéns!!!

  4. tomás disse:

    muito bom. trabalho com marketing já a algum tempo e confesso que não saberia explicar tão detalhadamente.

    gostei.

    parabéns pelo site e pelo trabalho.

Deixe um comentário

Desenvolvido por Jotac